Página Inicial

O Núcleo de Direitos Humanos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná –  NDH, criado em 2013, desenvolve projetos de pesquisa e inovação social, articula e participa de uma ampla rede em direitos humanos. Para tanto, conta com o engajamento e a participação de docentes, pesquisadoras/es, estudantes e participantes da comunidade externa.

Notícias

Histórico e Planejamento Estratégico

Visão Estratégica do NDH

Missão:

Contribuir no enfrentamento de toda forma de desigualdade, discriminação e violência contra pessoas e grupos vulneráveis, por meio da pesquisa, do ensino e da extensão, na perspectiva do fortalecimento da cultura dos direitos humanos, da qualificação das políticas públicas e dos mecanismos de participação social. Para tanto, coordena e desenvolve projetos e programas em direitos humanos com atuação interna, no âmbito da Universidade, e externa, nas relações e parcerias comunitárias, nacionais e internacionais.

Visão de Futuro:

  • Ser reconhecido pela excelência e competência acadêmica, com capacidade institucional e política, na promoção dos direitos humanos e de políticas públicas, alcançando abrangência e repercussão nacional e internacional;
  • Ser uma organização de excelência no monitoramento das violações de direitos, na construção de agendas de convergência no enfrentamento das desigualdades, violências e conflitos contemporâneos;
  • Promover a cultura dos direitos, a construção de conhecimentos e de práticas cidadãs;
  • Prestar assessoria a órgãos públicos, movimentos, organizações privadas e da sociedade, para o desenvolvimento de políticas e projetos em direitos humanos.

Valores:

  • Pluralismo: valorizar a produção de novos conhecimentos e práticas, orientadas pelo respeito à diversidade em suas múltiplas manifestações;
  • Cooperação: agregar as iniciativas com espírito de colaboração e coletivização das produções, atividades e produtos em direitos humanos.
  • Fortaleza/Coragem: Manter-se firme e constante na procura do bem, resistindo a cultura da indiferença para com os que sofrem, de modo a suportar com paciência e retidão os contratempos e perseguições por causa da justiça.

Objetivos Estratégicos:

Para o desenvolvimento de condições e capacidades institucionais o NDH definiu objetivos estratégicos, matriciais para organizações de processos internos basilares, a fim de potencializar os impactos das ações na sociedade.

a) Aprimorar políticas públicas, legislações e sistemas de proteção e garantia de direitos;
b) Promover a cultura dos direitos no ambiente acadêmicos e nas relações externas;
c) Consolidar projetos permanentes a serem ofertados pelo NDH;
d) Desenvolver ferramentas de comunicação das produções, analises e resultados dos projetos desenvolvidos.

Estratégias de Atuação:

O NDH delimitou como eixo de intervenção a temática “Desigualdades, Violências e Conflitos no Brasil e América Latina”, com o objetivo de aprofundar e fortalecer os mecanismos democráticos na defesa e monitoramento permanente das violações dos direitos humanos e, ainda, promoção de mecanismos pacíficos de mediação e solução de conflitos atinentes aos sistemas de proteção em direitos humanos, especialmente no Brasil e América Latina.

Para a consolidação das atividades em direitos humanos foram definidas as seguintes estratégias de atuação:

Pesquisa e inovação em direitos humanos e políticas públicas para populações socialmente vulneráveis;

Desenvolvimento de novas tecnologias sociais de proteção e cuidado;

Pesquisa e projetos na área das infâncias e juventudes, com desenvolvimento de inovação e tecnologias educacionais;

Desenvolvimento de pesquisa e projetos de prevenção e de qualificação de redes de garantia de direitos para as infâncias e juventudes;

Adoção de metodologias participativas e pesquisa ação;

Qualificação de políticas públicas e governança democrática, com desenvolvimento social e territorial;

Desenvolvimento e aplicação de novas formas e metodologias de solução de conflitos;

Desenvolvimento de redes solidárias e empreendedorismo social;

Pesquisa e projetos em Educação em Direitos Humanos, no enfrentamento das desigualdades ético-racial, de gênero e social, e promoção da diversidade.

Time de Professores(as) do Núcleo de Direitos Humanos:

Amélia Sampaio Rossi (Direito/PPGDH)
Andrea Braga (Serviço Social)
Angela de Fática Ulrich Jeiss (Serviço Social)
Cezar Bueno (Ciências Sociais, PPGDH)
Darli Sampaio (Filosofia)
Denise Colin (Serviço Social)
Jaci Souza Candiotto (Teologia/PPDH)
Jucimeri Isolda Silveira (Serviço Social, PPDH)
Lindomar Boneti (Ciências Sociais, PPGDH)
Marcia Terezinha de Oliveira (Serviço Social)
Maria Cecilia Barreto Amorim Pilla (História/PPDH)
Mirian Célia Castellain Guebert (Pedagogia/PPDH)
Rodrigo Alvarenga (Filosofia, PPGDH)
Sergio Nascimento (Filosofia, PPGDH)
Valquiria Elita Renk (Ciências Sociais/PPDH)