Página Inicial

O Núcleo de Direitos Humanos da Pontifícia Universidade Católica do Paraná –  NDH, criado em 2013, desenvolve projetos de pesquisa e inovação social, articula e participa de uma ampla rede em direitos humanos. Para tanto, conta com o engajamento e a participação de docentes, pesquisadoras/es, estudantes e participantes da comunidade externa.

Histórico e Planejamento Estratégico

Visão Estratégica do NDH

Missão:

Contribuir no enfrentamento de toda forma de desigualdade, discriminação e violência contra pessoas e grupos vulneráveis, por meio da pesquisa, do ensino e da extensão, na perspectiva do fortalecimento da cultura dos direitos humanos, da qualificação das políticas públicas e dos mecanismos de participação social. Para tanto, coordena e desenvolve projetos e programas em direitos humanos com atuação interna, no âmbito da Universidade, e externa, nas relações e parcerias comunitárias, nacionais e internacionais.

Visão de Futuro:

  • Ser reconhecido pela excelência e competência acadêmica, com capacidade institucional e política, na promoção dos direitos humanos e de políticas públicas, alcançando abrangência e repercussão nacional e internacional;
  • Ser uma organização de excelência no monitoramento das violações de direitos, na construção de agendas de convergência no enfrentamento das desigualdades, violências e conflitos contemporâneos;
  • Promover a cultura dos direitos, a construção de conhecimentos e de práticas cidadãs;
  • Prestar assessoria a órgãos públicos, movimentos, organizações privadas e da sociedade, para o desenvolvimento de políticas e projetos em direitos humanos.

Valores:

  • Pluralismo: valorizar a produção de novos conhecimentos e práticas, orientadas pelo respeito à diversidade em suas múltiplas manifestações;
  • Cooperação: agregar as iniciativas com espírito de colaboração e coletivização das produções, atividades e produtos em direitos humanos.
  • Fortaleza/Coragem: Manter-se firme e constante na procura do bem, resistindo a cultura da indiferença para com os que sofrem, de modo a suportar com paciência e retidão os contratempos e perseguições por causa da justiça.

Objetivos Estratégicos:

Para o desenvolvimento de condições e capacidades institucionais o NDH definiu objetivos estratégicos, matriciais para organizações de processos internos basilares, a fim de potencializar os impactos das ações na sociedade.

a) Aprimorar políticas públicas, legislações e sistemas de proteção e garantia de direitos;
b) Promover a cultura dos direitos no ambiente acadêmicos e nas relações externas;
c) Consolidar projetos permanentes a serem ofertados pelo NDH;
d) Desenvolver ferramentas de comunicação das produções, analises e resultados dos projetos desenvolvidos.

Estratégias de Atuação:

O NDH delimitou como eixo de intervenção a temática “Desigualdades, Violências e Conflitos no Brasil e América Latina”, com o objetivo de aprofundar e fortalecer os mecanismos democráticos na defesa e monitoramento permanente das violações dos direitos humanos e, ainda, promoção de mecanismos pacíficos de mediação e solução de conflitos atinentes aos sistemas de proteção em direitos humanos, especialmente no Brasil e América Latina.

Para a consolidação das atividades em direitos humanos foram definidas as seguintes estratégias de atuação:

Pesquisa e inovação em direitos humanos e políticas públicas para populações socialmente vulneráveis;

Desenvolvimento de novas tecnologias sociais de proteção e cuidado;

Pesquisa e projetos na área das infâncias e juventudes, com desenvolvimento de inovação e tecnologias educacionais;

Desenvolvimento de pesquisa e projetos de prevenção e de qualificação de redes de garantia de direitos para as infâncias e juventudes;

Adoção de metodologias participativas e pesquisa ação;

Qualificação de políticas públicas e governança democrática, com desenvolvimento social e territorial;

Desenvolvimento e aplicação de novas formas e metodologias de solução de conflitos;

Desenvolvimento de redes solidárias e empreendedorismo social;

Pesquisa e projetos em Educação em Direitos Humanos, no enfrentamento das desigualdades ético-racial, de gênero e social, e promoção da diversidade.

Time de Professores(as) do Núcleo de Direitos Humanos:

Andrea Braga (Serviço Social)
Angela de Fática Ulrich Jeiss (Serviço Social)
Cezar Bueno (Ciências Sociais, PPGDH)
Darli Sampaio (Filosofia)
Denise Colin (Serviço Social)
Jucimeri Isolda Silveira (Serviço Social, PPDH)
Lindomar Boneti (Ciências Sociais, PPGDH)
Miriam Castellain (Pedagogia, PPGDH)
Marcia Terezinha de Oliveira (Serviço Social)
Rodrigo Alvarenga (Filosofia, PPGDH)
Sergio Nascimento (Filosofia, PPGDH)