Escola de Medicina e Ciências da Vida | PUCPR

Farmácia

Além do balcão: conheça as possibilidades de carreira para farmacêuticos

No imaginário popular, as farmácias comuns são único campo de atuação desse profissional, mas a realidade é que o farmacêutico pode encontrar diversas oportunidades de carreira

Se você já considerou cursar Farmácia, saiba que não faltam oportunidades para este profissional. Com tantas áreas de atuação, os egressos encontram um mercado de trabalho bastante aquecido e alta empregabilidade. Segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica e Aplicada (Ipea), 94,3% dos farmacêuticos do país estão empregados.

Mas afinal, o que faz um farmacêutico? Pedimos para os professores do curso de Farmácia da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR), nos ajudar a definir esse profissional, assim como as áreas de atuação.

opções de carreira para farmacêuticos
Para a maioria das pessoas o farmacêutico atua principalmente no atendimento em farmácia, mas esse profissional pode encontrar um vasto campo de possibilidades de carreira.

Perfil do profissional de Farmácia

O farmacêutico é um profissional perito no uso de medicamentos e fármacos, bem como em suas consequências no organismo humano ou animal. Ele trabalha no desenvolvimento, produção, análise, manipulação e dispensação de fármacos e medicamentos.

Geralmente, o farmacêutico é o último profissional da saúde que tem contato com o paciente antes dele usar um medicamento. Esta fato ilustra a importância do profissional para o uso correto da medicação.

Ele também é legalmente habilitado para assumir responsabilidade técnica por farmácia comunitária (públicas e privadas), farmácia hospitalar, farmácia magistral e drogaria, e para orientar o usuário na utilização do fármaco, exercendo a Assistência Farmacêutica.

Segundo o Conselho Federal de farmácia, Resolução/CFF N0. 572 de 25/04/2013, existem 135 áreas de atuação do Farmacêutico, será que você se identifica com alguma delas?

Opções de carreira para farmacêutico

Separamos algumas áreas de atuação que os egressos de Farmácia podem atuar. Algumas irão te surpreender, confira:

  • •    Farmácia Clínica: garantir o uso devido dos medicamentos, por parte da população, para evitar as superdosagens. É preciso compreender que, essa especialidade, requer um contato mais próximo com os pacientes.
  • •    Farmácia Homeopática: se você gosta de trabalhar em laboratório, pode se realizar sendo um farmacêutico homeopata. Ele produz medicamentos homeopáticos, receitados por médicos, dentistas, ou veterinários.
  • •    Farmácia Veterinária: mas se prefere a área da saúde dos animais, a farmácia veterinária é uma boa opção para você. O farmacêutico veterinário desenvolve, faz o controle da qualidade e receita medicamentos de uso exclusivo em animais. 
  • •    Cosmetologia: cuida da saúde da pele humana. Ele elabora formulações, testa e avalia a qualidade dos produtos de beleza.
  • •    Análises Clínicas: para quem gosta de laboratório, esta também é uma excelente opção de trabalho. O farmacêutico clínico trabalha em laboratórios de análises clínicas e toxicológicas.
  • •    Farmácia Industrial: indústria farmacêutica, farmoquímica e cosmética. Aqui, ele executa tarefas ligadas às linhas de produção, garantia da qualidade, controle de qualidade, desenvolvimento de produtos e embalagens, vendas, atendimento ao cliente e auditorias.
  • •    Farmacêutico Oncologista: atua na manipulação e gerenciamento dos medicamentos utilizados, em suas diferentes etapas, garantindo que os procedimentos sejam realizados da maneira adequada, conforme indicação e posologia.

É necessário ter especialização para atuar no mercado?

Para realizar serviços farmacêuticos em farmácias e drogarias, a pós-graduação em Farmácia Clínica não é obrigatória, desde que o farmacêutico tenha completado a graduação e tenha conhecimento e capacitação (Estágios nas diferentes áreas) necessário para realizar tais serviços. Mas, há sim algumas áreas que necessitam de mais aprofundamento. Veja quais são:

Homeopatia

Para trabalhar neste segmento é necessário de umas das etapas abaixo:

  1. •    Cursar uma disciplina na graduação de com carga horária mínima de 60h e realizar estágio obrigatório em homeopatia com o mínimo de 120h.
  2. •    Possuir título de especialista ou curso de aprimoramento profissional em homeopatia que atenda as resoluções vigentes do Conselho Federal de Farmácia.

Oncologia

Enquanto que para se tornar farmacêutico oncologista é necessário de umas das etapas abaixo:

•    Ser egresso de programa de pós-graduação latu sensu reconhecido pelo MEC relacionado a Farmácia Oncológica.

•    Ter feito residência na área de oncologia.

•    Ter atuado por três anos ou mais na área de oncologia.

•    Ser portador de título de especialista emitido pela SOBRAFO (Sociedade Brasileira de Farmacêuticos em Oncologia).

Estética

Já para atuar na área da Farmácia Estética, o farmacêutico deve estar habilitado pelo Conselho Regional de Farmácia. Para isso, é necessário apresentar:

•    Certificado de conclusão de curso de pós-graduação lato sensu reconhecido pelo MEC na área de saúde estética;

•    Certificado de curso livre de formação em saúde estética reconhecido pelo CFF (Conselho Federal de Farmácia).

Citologia clínica

Aqui o farmacêutico necessita possuir título de especialista em Citopatologia ou Citologia Clínica (curso Lato sensu).

O que não faltam são áreas de desenvolvimento profissional em Farmácia, vale a pena ver as opções que mais se adequem ao seu perfil. Além disso, você pode passar por diversos campos e somar várias experiências diante de uma carreira tão plural.

Quer saber mais sobre opções de carreira do farmacêutico?